Segunda-feira, 28 de Agosto de 2006

Duas Batalhas: os Limites de um Imperio.

"Charles Martel's victory at Tours was among those signal deliverances which have affected for centuries the happiness of mankind." Thomas Arnold

As Conquistas Muçulmanas iniciais (632-732) começaram após a morte do Profeta Maomé e foram marcadas por um seculo de uma expansão rapida alem da Penisula Arabica, resultando num vasto Imperio Muçulmano.
Durante os ultimos dias dos Ominiadas, o Imperio Arabe extendia-se por 200 dias de viagem do Leste para Oeste, dos confins da India até ás costas do Oceano Atlantico. A lingua e Lei do Corão eram estudados com igual devoção em Samarkanda e Sevilha.
No entanto, tal poderoso imperio conheceria limites, um a Oeste e outro a Leste.
A Oeste, o Imperio Muçulmano conheceria a Derrota quando em 732, na Batalha de Poitiers, um enorme exercito Muçulmano foi derrotado pelas forças Francas de Carlos Martel. O evento foi de uma importancia Macro-Historica enorme, pois a derrota dos Muçulmanos teve como consequencia a paragem da expansão Muçulmana para Oeste e manutenção da Fé Cristã na Europa. Treinados na formação de falange, o exercito franco destruiria a Cavalaria Arabe, naquele que era o primeiro Exercito Profissional desde a Queda de Roma.
A Vitoria faria com que Carlos Martel copiasse a Cavalaria Pesada Muçulmana e inaugurasse os primordios da Cavalaria Europeia.
A Leste, as forças Arabes depararam com as forças da Dinastia Tang, para o controlo da Asia Central. O embate terminou num “empate”, pois nenhum dos exercitos conseguiu uma vitoria gloriosa sobre o outro. No entanto, alguns dos protectorados Tang da Região passaram para dominio Arabe, e alguns prisioneiros chineses passaram o segredo do fabrico de papel para mãos arabes.
O embate, porem , não abriu as portas da China aos Arabes, nem possibilitou a conquista dos Arabes aos Chineses.
Duas Batalhas nos extremos do Mundo, dois choques de Culturas, que acabariam por por fim á expansão de um Imperio.

publicado por Oraculo às 15:00
link do post | comentar | favorito
|

.Informações

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. O problema de um free rid...

. A velha questão de onde g...

. Economices de uma saída á...

. Combustíveis, petróleo e ...

. Responsabilidade Social e...

. Mudanças na UALG

. Crise Imobiliária Parte I...

. Quem disse que tirar um c...

. A Crise Financeira no sec...

. Um pensamento disconexo

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.tags

. todas as tags

.links

Blog Top Sites
Blog Directory
Locations of visitors to this page

.Khonya

.subscrever feeds