Domingo, 25 de Junho de 2006

A Batalha Laranja

A Sorte favorece os Audazes. Proverbio Portugués

Portugal garantiu um lugar nos quartos de final do Campeonato do Mundo de Futebol de 2006, na Alemanha, num jogo emotivo contra a Holanda, numa autentica Batalha Laranja. A Holanda tem dado sorte á equipa das Quinas, tendo sido derrotada em momentos chaves como a Qualificação de 2002, e nas meias-finais do Campeonato da Europa de 2004.

Maniche marcou o único golo de Portugal aos 23 minutos, e garantiu a vitoria. Mas a que custo? Se alguma vez, o termo de vitoria “Pirrica” teve algum significado em Futebol, então foi neste jogo. Deco e Costinha, os elementos chaves da equipa das Quinas foram expulsos e não alinharão no proximo jogo com a Inglaterra.
O Jogo em si, foi horrivel, e rapidamente se tornou uma batalha campal. Costinha, vitima da sua propria infantilidade e desconcentração, caracteristicas que normalmente não fazem parte do seu vocabulario. Deco, um elemento sacrificado que viu o segundo amarelo de forma tambem ridicula. Cristiano Ronaldo sofreu uma pancada violenta no inicio do jogo, que o retirou de campo. Outros jogadores, de pior ou melhor forma, receberam o cartão amarelo. Alguns Holandeses pareciam que estavam numa batalha, não reconhecendo nenhum fairplay.
No entanto, a capacidade de sacrificio dos Portugueses é fenomenal. Scolari merece todo o credito por isso, assim como pela vontade de ganhar que esta Selecção tem. Ricardo Carvalho foi fenomenal, tanto tecnicamente como em sacrificio, dando o corpo tantas vezes e sofrendo imenso com os avançados holandeses.
Robin Van Persie tem um futuro brilhante á sua frente. Jogou de forma demoniaca, sempre trocando as voltas aos defesas portugueses. Haverá outros mundiais para ele.
Luis Figo é a Alma e Coração desta Selecção. Como capitão conduziu uma equipa nos pincaros da exaustão, dando o exemplo a todos os presentes.
Quem se deve estar a regojizar é Sven Goran Ericksson, que enfrentará uma Selecção desprovida das suas traves mestras. Mas se sairmos da competição, não será sem dar tudo por tudo. Portugal, hoje, é mais do que os seus jogadores, é a vontade de um grupo excepcional.
Portugal poderá perder no proximo jogo, mas para mim já ganhou o Mundial.

publicado por Oraculo às 22:36
link do post | comentar | favorito
|

.Informações

.pesquisar

 

.Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. O problema de um free rid...

. A velha questão de onde g...

. Economices de uma saída á...

. Combustíveis, petróleo e ...

. Responsabilidade Social e...

. Mudanças na UALG

. Crise Imobiliária Parte I...

. Quem disse que tirar um c...

. A Crise Financeira no sec...

. Um pensamento disconexo

.arquivos

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.tags

. todas as tags

.links

Blog Top Sites
Blog Directory
Locations of visitors to this page

.Khonya

.subscrever feeds